31 de ago de 2008

Rádio

Faltam mesas, medidas, método
Falham os motes, métricas, mitos
Falo em motéis, micos, maus-tratos...

Amo os mesmos meninos metidos
Arroto aos módicos monges mordazes
Algemo as mudas maneiras maníacas

N A o d s O D S n a O
O D S n a N A o d s N

27 de ago de 2008

Com Vinte

Quando o mundo se converte em sumo, eu fumo.
Quando o mundo se diverte em dentes, eu deito.
Quando o mundo se inverte em leito, eu luto.

24 de ago de 2008

AH! SE EU PUDESSE....

Pular o limite da razão
Concretizar a louca lógica da pele
Carne, fogo, gozo, lábio
Corpo, arroubo, clímax

De novo o freio! MEDO< MEDO< MEDO
Destino cego, dor dividida, desejo re () saltado
Dúvida, dívida, calor
Menção honrosa de quem ousa ter caráter

Sem pensar no que seria
Salto as vírgulas sadias
Sempre em busca do presente
E só com as palavras silencio